AS VACINAS E SUAS PRINCIPAIS DIRETRIZES PARA CÃES E GATOS

  • Lucas Ariel Rossi Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Katiane Carvalho Colombo Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Aline Kummer Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Deise Adriana Da Costa Amaral Rodrigues Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Maria Luiza Venzon Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Milena Santos Castilhos Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Pâmela Moreira Guzzo Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Carolina da Fonseca Sapin Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Diane Alves de Lima Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Liziane Bertotti Crippa Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG

Resumo

Os tutores são potenciais vetores, indiretos, de disseminação de doenças virais e bacterianas em nossa sociedade, assim como na propagação de zoonoses. Destaca-se a importância da vacinação para prevenir doenças nos humanos, seguindo a mesma lógica na medicina veterinária. Ainda hoje é possível verificar a incidência de doenças virais e bacterianas, que afetam nossos animais de companhia, causando-lhes patologias e muitas vezes encurtando sua vida. O presente artigo tem como objetivo realizar uma revisão bibliográfica narrativa a respeito do processo de vacinação em animais domésticos. A base de dados utilizada para a pesquisa foi: Scielo, Pubmed, Lilacs, Science e Google Acadêmico. Os seguintes descritores foram buscados: vacina, calendários vacinais, zoonoses, animais de companhia, entre outros. Foram selecionados como base de artigos apenas trabalhos publicados entre os anos de 2010 e 2021. Por conta de a vacinação prevenir várias doenças aos animais e aos humanos é de extrema importância manter o cartão de vacinas em dia, visto que a melhor forma de proteger cães e gatos de várias enfermidades, garantindo também a saúde de quem convive com eles é a imunização.

Publicado
2022-07-11
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo