O BULLYING NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

  • Douglas De Oliveira Centro Universitário da Serra Gaúcha-FSG

Resumo

No espaço escolar, principalmente nas aulas de Educação Física é comum vermos comportamentos discriminatórios e agressivos entre alunos, interpretamos tais comportamentos como bullying, (Fante 2005). Bullying é qualquer tipo de agressão, tanto verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente. O presente estudo de caráter descritivo teve como objetivo verificar o bullying nas aulas de Educação Física escolar, em uma escola da rede pública de Caxias do Sul - RS. A amostra contou com 86 alunos de ambos os sexos, sendo 44 meninos e 42 meninas, entre 12 e 17 anos de idade, matriculados nos 7º há 9º ano do ensino fundamental. O instrumento utilizado foi um questionário contendo questões fechadas elaboradas especificamente para este estudo. Os resultados sugerem a ocorrência do bullying nas aulas de Educação Física em ambos os sexos, na grande maioria o bullying ocorre entre os meninos. Entre os meninos a agressão mais frequente é o físico e entre as meninas é a agressão verbal. A Educação Física por meio dos seus conhecimentos tem muito a contribuir para o combate das muitas formas de bullying, propiciando situações pedagógicas que levem o aluno a refletir sobre suas atitudes, dentro desta cultura de paz desenvolvendo valores e princípios morais, sociais culturais e afetivos. (MACIEL E FINCK 2009).

Publicado
2022-07-11
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo