O HIPERCONSUMO E OS RISCOS AMBIENTAIS PROVOCADOS POR RESÍDUOS SÓLIDOS: UMA ANÁLISE DA POLÍTICA NACIONAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS, TENDO CAXIAS DO SUL COMO REFERÊNCIA

  • Tatiana Lucia Strapazzon Pasinato UCS

Resumo

A abordagem trazida pelo artigo tem por base a Lei 12.305/2010, a qual trata estabelece a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, tendo em vista que a mesma pretende ser o dispositivo legal capaz de propiciar soluções minimizadoras dos riscos ambientais provocados pelo lançamento desses resíduos na natureza sem os cuidados apropriados. Tendo a cidade de Caxias do Sul como caso prático, pretende-se demonstrar as formas pelas quais o poder público enfrenta o problema dentro do espaço local, tendo em vista suas competências e responsabilidades. O método de pesquisa utilizado foi o dedutivo. Ao final, diante de uma sociedade moderna hiperconsumista, contata-se que faltam políticas públicas adequadas para dar soluções apropriadas aos resíduos sólidos, não só no pós-consumo, como também na produção.   

Publicado
2016-12-22
Seção
FSG Bento Gonçalves - Sustentabilidade e Políticas Públicas