ATUAÇÃO DO FISIOTERAPEUTA NOS CUIDADOS PALIATIVOS E TRATAMENTO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA

UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

  • Helyda Chesani
  • Gabriele Schwingel
  • Renata D`Agostini Nicolini-Panisson Centro Universitário da Serra Gaúcha/ Professora Doutora Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Reabilitação
  • Lidiane Barazzetti

Resumo

O câncer de mama é o mais prevalente entre as mulheres. Em pacientes oncológicos, a qualidade de vida (QV) física e emocional fica afetada, sendo de extrema importância o tratamento adequado e os cuidados paliativos em pacientes em fase terminal. É nesse contexto que os fisioterapeutas se encaixam, atuando de forma complementar no tratamento e cuidados paliativos, a fim de auxiliar na minimização da sintomatologia, aumentando a QV e a funcionalidade do paciente oncológico. Este estudo teve como objetivo identificar a importância e atuação do fisioterapeuta nos cuidados paliativos e tratamento do câncer de mama. Foi realizada uma revisão bibliográfica, nas bases de dados do PubMed, LILACS e SciELO. A seleção abrangeu critérios de inclusão como: artigos publicados no período de tempo de 2009 a 2019, pesquisas realizadas apenas com mulheres, tendo como idioma o português e realizadas no Brasil. Este estudo conclui que a dor, a perda de funcionalidade e linfedema são os três quesitos onde encontramos as principais queixas das mulheres acometidas pelo CA de mama. Sendo de extrema importância a atuação do fisioterapeuta nesta área e na área de cuidados paliativos, pois há técnicas que minimizam os sintomas. Porém se faz necessário mais estudos neste campo

Publicado
2021-07-27
Seção
Saúde Pública: estratégias de saúde familiar, promoção de saúde pública, epidemiologia, vigilância sanitária e ambiental