A IMPORTÂNCIA DO MANEJO POPULACIONAL DE CÃES E GATOS - ESTUDO DE REVISÃO

  • Carolina Andréa Fedrizzi Piva, C. PIVA FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Brendon Gabriel Segala dos Santos, B. SEGALA Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) https://orcid.org/0000-0003-0323-4294
  • Juliana Pereira Matheus, J. MATHEUS Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG)

Resumo

As populações de cães e gatos de vida livre podem ser causadores de problemas socioambientais se não houver práticas de manejo apropriadas. O médico veterinário em ação conjunta com equipes de gestão pública são responsáveis por tomar as medidas cabíveis para tais manejos. Estas populações de animais errantes podem trazer maleficíos para a comunidade e para os próprios  animais, como a transmissão de zoonoses, acidentes por mordedura, descotrole reprodutivo e danos a fauna local. A implementação de políticas públicas e de medidas preventivas trazem inúmeros benefícios, pois controlam principalmente a superpopulação e a disseminação de zoonoses de maneira efetiva e adequada, servindo tanto a saúde pública quanto o bem-estar animal. 

Publicado
2023-08-04
Seção
FSG Caxias do Sul - Saúde Pública