INOVAÇÃO SOCIAL

CAPACITAÇÃO NA ÁREA GASTRONÔMICA PARA PESSOAS DE BAIXA RENDA EM CAXIAS DO SUL

  • Andrei Ribeiro Antunes FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Rafael Gustavo Reinheimer FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Viviane Maciel FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Maicon Lopes Marques FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Gabriela Tonolli FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Ana Hoefel FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha

Resumo

Justen et al. (2018), afirmam que inovar no âmbito social está ligado com quebrar paradigmas e promover soluções inovadoras que visem atender a demandas específicas de uma sociedade. O uso racional dos alimentos bem como o uso das denominadas Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC). O termo PANC é amplo e envolve tudo aquilo que não é convencionalmente usado, como partes de plantas, raízes, caules que muitas vezes são jogadas no lixo ou, ainda, ervas daninhas, consideradas como pragas, ou, simplesmente ‘mato’ (KINUPP; LORENZI, 2014), ingredientes pouco conhecidos na alimentação do dia-a-dia, produzidos em pequenas quantidades e dificilmente encontrados em supermercados. Com foco na extensão universitária, visando articular e viabilizar uma relação transformadora entre universidade e sociedade, o objetivo do projeto foi realizar capacitação na área gastronômica, fomentando o conhecimento de pratos diversos preparados com alimentos de baixo custo ou com PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais), para um grupo de 16 pessoas que trabalham em um projeto de segurança alimentar, proporcionando à equipe novos métodos e receitas, permitindo a diversificação dos pratos preparados e reduzindo o custo de preparo, uma vez que o projeto está localizado em área de grande vulnerabilidade na Cidade de Caxias do Sul.

Publicado
2023-08-03
Seção
FSG Caxias do Sul - Responsabilidade Social