DA INFÂNCIA À VELHICE

A SUSTENTABILIDADE COMO FORMA DE APROXIMAR E BENEFICIAR GERAÇÕES

  • Ágata Cristine Kässler Faculdade da Serra Gaúcha - Caxias do Sul
  • Fabíola Ponzoni Balzan Faculdade da Serra Gaúcha - Caxias do Sul

Resumo

Durante os meses de março, abril e maio estão em andamento os Estágios Curriculares Supervisionados em: a) Ensino Fundamental – Anos Iniciais e b) Contextos Educacionais, ambos ofertados pelo curso de Pedagogia. A aplicação do Estágio em Contextos Educacionais deu-se a partir de uma parceria entre o curso de Pedagogia – FSG e a Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) Lar da Velhice São Francisco de Assis, localizada no bairro Marechal Floriano, em Caxias do Sul e responsável pelo atendimento de cerca de 76 idosos (número oscila, mas dificilmente é inferior a 70 moradores). A partir da exploração documental, da observação da rotina do Lar e da fundamentação teórica apoiada em Boff (2016), Aires; Suanno (2017), Morin (2000), ODS/17 e BNCC/2015 evidenciamos necessidades para a sua dinamização. O Lar é uma instituição filantrópica e mantém-se, principalmente, por meio de doações, por parte da renda dos moradores e por verbas disponibilizadas pela FAS através da apresentação de projetos para a contratação de funcionários para o acompanhamento dos idosos. De tempos em tempos os responsáveis pela instituição usam as redes sociais como forma de solicitar doações da comunidade, para reposição de materiais de higiene e alimentos de maior consumo. Buscando uma forma de realizar um projeto sustentável e que contribuísse para o desenvolvimento do Lar, propôs-se a realização de atividades que trabalhassem o plantio de forma metafórica, relacionando seus processos aos vínculos de amizade e responsabilidade social, os quais são cultivados ao longo dos anos. Aproveitando a oportunidade de estar em uma Escola Estadual, dinamizando, paralelamente, o Estágio em Ensino Fundamental com uma turma de 4° ano, realizou-se a proposta de vinculação entre os dois ambientes de atuação, aproximando, desta forma, pessoas de diferentes idades e realidades, proporcionando aos estudantes momentos de estudo e reflexão a respeito das diferentes realidades das pessoas, assim como o sentimento de empatia e autoconfiança para a organização de uma arrecadação de materiais para doação ao Lar, em um encontro organizado para a culminância das propostas de Estágio. A ODS de número 3 nos traz a necessidade de olhar para a saúde e bem-estar “Garantir o acesso à saúde de qualidade e promover o bem-estar para todos em todas as idades”. Com base neste propósito, o Lar da velhice conta com uma ampla equipe de cuidadores, enfermeiros, técnicos de enfermagem e especialistas nas áreas de nutrição, fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional, entre outros, porém necessita do apoio da sociedade para a manutenção de materiais de maior uso, os de higiene, limpeza e alimentação (refeições de cafés da manhã e da tarde), que costumam ser utilizados com maior frequência e em grande número. A direção da Escola foi contatada para a solicitação de permissão para a realização do projeto e mostrou-se satisfeita com a proposta, auxiliando a acadêmica na elaboração de comunicados explicativos aos pais, para que todos os envolvidos estivessem a par da proposta de desenvolvimento e organização do deslocamento da turma para o dia de encontro com os idosos. Atualmente, nos encontramos na etapa de arrecadação dos materiais para doação. Os estudantes mostram-se interessados pela realidade e pela história do Lar. Os idosos ficaram contentes quando informados sobre a organização de uma visita especial e prepararam jogos com materiais recicláveis para presentear as crianças. Como forma de aumentar o número de doações e de interlocução da FSG com o Lar da Velhice, decidiu-se realizar a divulgação também para as turmas do curso de Pedagogia, buscando a mobilização de diferentes instituições para promover o bem-estar e interação social entre crianças, licenciandos, docentes e idosos.  

Publicado
2023-08-03
Seção
FSG Caxias do Sul - Educação Ambiental